Sobre nósPrograma INTEGRA

O projeto INTEGRA: Programa de Mentoria Multidisciplinar para apoiar o empreendorismo de crianças em acolhimento institucional e de jovens acolhidos em transição para a autonomia aborda a necessidade de promover a integração social, cultural e económica na comunidade, de crianças em processo de transição do acolhimento residencial para a autonomia.

Para atingir este objetivo, os parceiros adotam uma abordagem holística da integração, através do desenvolvimento de ferramentas para apoiar a colaboração entre os atores (stakeholders) nacionais e os grupos-alvo, ao mesmo tempo que priorizam uma matriz individualizada. Evita-se, assim, o recurso a modalidades padronizadas e generalistas (de tipo one-size-fits-all) na promoção e proteção dos direitos das crianças e jovens, nomeadamente em relação a questões de diversidade, assim  como a políticas de intervenção.

O projeto compreende diferentes finalidades:

  • Capacitação e integração social dos jovens com mais de 16 anos, que transitam dos serviços de acolhimento para a autonomia, através do estabelecimento de uma rede de apoio Multiagências.
  • Desenvolver e implementar um programa-piloto de integração através da mentoria (mentoring), de empoderamento dos profissionais que trabalham em instituições de acolhimento residencial enquanto “Mentores no processo de transição do acolhimento residencial para  a autonomia”.
  • Compreender e avaliar as responsabilidades do Estado enquanto cuidador e os desafios dos jovens que se autonomizam do acolhimento institucional.
  • Criação de uma rede multiagências de colaboração contínua de atores (stakeholders) interessados.
  • Criação de uma plataforma de cooperação para conectar os cuidadores estatais (acolhimento residencial), os jovens que abandonam o acolhimento e os atores (stakeholders) da comunidade.

O projecto, a ser implementado entre junho de 2018 e maio de 2020, contribui para o estabelecimento de mecanismos e redes de promoção de um melhor apoio na preparação, das crianças e jovens em processo de autonomização do acolhimento residencial, de serviços de transição para a autonomia em acolhimento residencial, nos países do sul da Europa (UE).